Internacional - 18/10/2017 - 08:19:07

 

Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas

Em congresso do Partido Comunista, presidente chinês defende reformas econômicas

Com informações da EFE, do Partido Popular Socialista (PPS) e da Embaixada da China no Brasil

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O secretário-geral do Partido Comunista da China (PCCh) e presidente do país, Xi Jinping, propôs hoje (18) continuar as reformas para que o país seja uma economia moderna com maior presença das forças do mercado.

O objetivo das "taxas de juros e de câmbio de serem mais baseados no mercado" foi um dos principais pontos financeiros de Xi em seu discurso de abertura do XIX Congresso do PCCh.

Além disso, ele se mostrou a favor de flexibilizar o acesso ao investimento estrangeiro, abrir os mercados e fortalecer a proteção da propriedade intelectual, pontos que foram expressados pelos principais parceiros econômicos da China, como a União Europeia e os Estados Unidos.

Xi Jinping disse que "é necessário" implementar em todos os setores um sistema de listas negativas (que estipulam claramente áreas da economia vetadas no exterior) no acesso ao mercado chinês, "respaldar o desenvolvimento das empresas privadas" e ativar "os agentes do mercado".

Presidente quer evitar riscos financeiros

Ele também destacou o objetivo de melhorar o sistema de supervisão e controle financeiro para "evitar a aparição de riscos financeiros".

Sobre o setor das empresas estatais, Xi deseja continuar com o atual processo de reformas (que ele chamou de "reorganização estratégica"), a fim de desenvolver "empresas de classe mundial mundialmente competitivas".

Além disso, ele considera abrir estas empresas ao capital privado, observando que é necessário desenvolver companhias de "propriedade mista" público-privado, embora não tenha falado sobre privatizações.

O líder comunista chinês também indicou o compromisso de realizar uma profunda reforma tributária para dar origem a "um sistema fiscal moderno", com uma clara divisão de competências e obrigações entre as administrações centrais, provinciais e locais.

Convidados Brasileiros

A Embaixada da China no Brasil convidou diversos integrantes de partidos brasileiros, alinhados com sua ideologia comunista, para participares do evento.

Dentre eles foram convidados, segundo o adido da seção política da embaixada Sr. Wang Jie, são:

  • PT – Edinho Silva, prefeito de Araraquara (SP); Jonas Paulo Oliveira (do Diretório Nacional e secretário geral adjunto) e Juçara Dutra (do Diretório Nacional e secretária adjunta de Organização).
  • PDT – Brizola Neto (do Diretório Nacional e presidente do Diretório Municipal de São Gonçalo); Augusto Ribeiro (do Diretório Nacional e presidente do Diretório Municipal do RJ); Marli Mendonça (da Executiva Nacional e secretária geral da Ação da Mulher Trabalhista – AMT; William Rodrigues (do Diretório Nacional e e presidente da Juventude do PDT).
  • PCdoB – Nádia Campeão (da Comissão Política Nacional); Ronaldo Leite (do Comitê Central) e José Reinaldo Carvalho (do Secretariado Nacional, responsável pelas Relações Internacionais). 

De acordo com a Embaixada chinesa, o motivo do convite para a comitiva foi para apresentação das concepções diplomáticas do Partido Comunista da China e também para estreitar as relações entre China e América Latina.

A reportagem também questionou quem estaria convidando e se haveria participação do BRICS. A assessoria de imprensa da embaixada informou que o Convite foi feito pelo Departamento Internacional do Partido Comunista da China. Não há ligação com os BRICS.

Também foi questionado quem estaria pagando as despesas com a viagem e quando partiriam e quando chegariam à China. A assessoria enviou resposta informando que as despesas estão sendo pagas pelo Departamento Internacional do Partido Comunista da China. A delegação saiu do Brasil no dia 16 e chegou a China no dia 17 e retorna dia 26. 

Na semana anterior outro grupo seguiu para a China, entre eles o deputado federal Alex Manente do Partido Popular Socialista, PPS.

De acordo com a embaixada chinesa esse outro grupo era formado por doze integrantes dos partidos PPS, PSB, PSC e PSD e seguiram para a China para participarem de eventos entre os dias 13 e 22 de outubro. 

Convite China PPS 2017
Convite China PPS 2017

 



;

Secretário-geral do Partido Comunista da China (PCCh) e presidente do país, Xi Jinping

Secretário-geral do Partido Comunista da China (PCCh) e presidente do país, Xi Jinping

Turismo SBC


Últimas Notícias




Petroleiros (FUP/CUT) decidem entrar em greve a partir de quarta-feira, dia 30


Jornalista é agredido dentro do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC


Bolsonaro oficialmente no PSL


Delatores na Lava Jato apontam R$1,1 milhão em propina para petistas de São Bernardo


Câmara aprova decreto de intervenção no Rio de Janeiro


Acadêmicos do Tatuapé é bicampeã do carnaval de São Paulo