ABCD - 23/12/2009 - 09:03:34

 

Serra inicia obras do corredor Diadema-São Paulo da EMTU

Serra inicia obras do corredor Diadema-São Paulo da EMTU

Serão implantados 12 km de faixas de ônibus exclusivas, beneficiando 15 mil usuários por dia

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O governador José Serra e o secretário dos Transportes Metropolitanos, José Luiz Portella, acompanharam nesta terça-feira, 22, o início das obras de ampliação do Corredor Metropolitano ABD - Extensão Diadema-São Paulo (Morumbi). A obra faz parte do Plano Expansão São Paulo e receberá investimento de R$ 24 milhões.

Na ocasião, o governador também participou da assinatura do Acordo de Cooperação para Elaboração do Projeto do Metrô Leve entre a Secretaria dos Transportes Metropolitanos e as prefeituras de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

Serão implantados 12 km de faixas de ônibus exclusivas, com 18 pontos de paradas e cinco estações de transferência, que beneficiarão cerca de 15 mil usuários/dia. Sua conclusão está prevista para o segundo semestre de 2010. "Vamos melhorar o corredor em todos os aspectos: conforto, acesso, qualidade do pavimento e estações, entre outros", anunciou José Serra.

O novo corredor, gerenciado pela EMTU/SP - Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, será uma importante alternativa de integração dos moradores da região do ABCD e da região sudoeste da capital com a zona sul de São Paulo. O traçado se inicia no Terminal Metropolitano Diadema, incluindo a Avenida Presidente.Kennedy, em Diadema, seguindo pelas Avenidas Cupecê, Vereador João de Luca, Professor Vicente Rao e Roque Petroni Jr, em São Paulo, até a futura Estação de Transferência Morumbi, onde se integrará com a Linha 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), da CPTM. O corredor também permitirá integração com a Linha 5-Lilás, do Metrô, na futura estação Brooklin-Campo Belo.

Os pontos de paradas terão plataformas elevadas de embarque, rampas de acesso, sinalização de alerta e bancos. As Estações de Transferência, que permitem integração com outras linhas de ônibus e trem (no caso da Estação Morumbi) serão instaladas em: Jardim Miriam, Washington Luiz, Vereador José Diniz, Santo Amaro e Morumbi. O Terminal Metropolitano Diadema passará por obras de adequação do acesso de entrada e saída dos veículos e preparação da plataforma de embarque.

As obras incluem, ainda, a complementação do pavimento rígido da faixa exclusiva à esquerda, no trecho próximo ao Shopping Morumbi, a execução da sinalização viária horizontal, vertical e semafórica, travessias de pedestres, recapeamento das faixas adjacentes e paisagismo.

Corredor ABD (São Mateus-Jabaquara)

O Corredor Metropolitano ABD (São Mateus - Jabaquara) tornou-se referência nacional e internacional em sistemas de transporte público de média capacidade. Inaugurado em 1988, possui 33 km de extensão e liga o bairro de São Mateus, no extremo leste da capital paulista, ao Jabaquara, na zona sul, atravessando quatro municípios do Grande ABC: Mauá, Santo André, São Bernardo do Campo e Diadema.

A via opera como corredor exclusivo para ônibus / trólebus gerenciado pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos - EMTU/SP. A frota operacional do Corredor ABD é de 265 ônibus, que transportam cerca de seis milhões de usuários por mês. As 13 linhas do sistema são operadas pela Concessionária Metra, desde 1997, resultado da primeira concessão do país no setor de transporte público.

O Corredor Metropolitano ABD possui oito terminais metropolitanos, gerenciados pela EMTU/SP: São Mateus, São Bernardo do Campo, Santo André (Leste e Oeste), Piraporinha, Diadema, Ferrazópolis e Jabaquara.

Mais transporte

Até 2010, o Plano de Expansão do Transporte Metropolitano receberá do Governo do Estado de São Paulo R$ 21 bilhões, o maior investimento já realizado no setor.

Um dos principais objetivos é quadruplicar o número de linhas com qualidade de metrô, dos atuais 61,3 km para 240 km, sendo 160 km na CPTM. Além da expansão das linhas, os recursos estão sendo utilizados para a compra de 107 novos trens, a reforma das composições antigas e a implantação de um novo sistema de sinalização.

A EMTU/SP passará a ter 86 km de corredores metropolitanos, dos 33 km atuais. Além da ampliação do Corredor ABD até o Morumbi, a empresa coordena os projetos SIM - Sistema Integrado Metropolitano, na Baixada Santista, o Corredor Metropolitano de Guarulhos, o Corredor Itapevi-São Paulo e o Corredor Sumaré-Campinas.

;

Turismo SBC


Últimas Notícias




Lula tem 44% e Bolsonaro 36% no 1º turno, aponta PoderData


MASP Escola OnLine


Morre o cardeal Cláudio Hummes, arcebispo emérito de São Paulo


Conta de luz fica mais cara a partir do dia 4 de julho em 24 cidades paulistas


Prefeito Orlando Morando anuncia o 1° Hospital Veterinário Público de São Bernardo


Datafolha: Rodrigo Garcia, PSDB, e Tarcísio de Freitas, Republicanos, aparecem empatados