Opinião - 24/01/2016 - 05:18:10

 

O discurso do Obama

O discurso do Obama

 

Mario Eugenio Saturno * .

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


Fazia muitos anos que eu não via um presidente dos Estados Unidos discursar no Congresso, realmente é uma prática fantástica. E ouvir Barack Obama desperta uma grande tristeza com o Brasil, pela governanta que temos e pelos discursos dela que se tornam realidade, ou seja, ações confusas e desconexas da realidade. E a primeira lição, creio, deveriam parar de esconder o trabalho alheio.

Disse Obama: sessenta anos atrás, quando os russos nos bateram na corrida espacial, não negamos que existia o Sputnik. Nós não discutimos sobre os méritos científicos nem reduzimos o nosso orçamento para pesquisa e desenvolvimento. Criamos um programa espacial de grande parte da noite para o dia e, doze anos mais tarde, nós estávamos andando na lua.

O que devemos fazer para reacender esse espírito de inovação com um olho para nossos maiores desafios? Esse espírito de descoberta está em nosso DNA. Somos Thomas Edison, os irmãos Wright e George Washington. Temos defendido uma internet aberta e tomado medidas, como ferramentas online que dão aos empreendedores tudo o que precisam para criar uma empresa em um único dia.

Mas podemos fazer muito mais. No ano passado, o vice-presidente Biden disse que se fizermos um esforço como esse nos levou para a lua, os EUA serão capazes de curar o câncer. Hoje, eu estou anunciando uma nova iniciativa nacional para alcançar este objetivo. Vamos tornar a América o país que cure o câncer de uma vez por todas.

E Precisamos adotar o mesmo nível de compromisso com o desenvolvimento de fontes de energia limpa. Se ainda existem pessoas que querem desafiar a evidência científica sobre o aquecimento globas, eles estão muito isolados. Terão que discutir com nossas forças armadas, a maioria dos líderes empresariais dos Estados Unidos, a maioria do povo americano, praticamente toda a comunidade científica e com duzentos países que concordam que é um problema e que querem resolvê-lo.

 

Barack Obama

Mesmo se o planeta não estivesse em risco - 2014 foi o ano mais quente já registrado até hoje, e 2015 superará-, por que perderíamos a oportunidade das empresas norte-americanas produzir e vender a energia do futuro?

Sete anos atrás, fizemos o maior investimento em energia limpa da nossa história. Eu tenho os resultados aqui. Nos campos de Iowa ao Texas, agora a energia eólica é mais barata do que a energia poluente convencional. Nos telhados do Arizona a Nova York, a energia solar está permitindo que os americanos economizar dezenas de milhões de dólares por ano em suas contas de energia elétrica. E emprega mais americanos do que o carvão, e em empregos mais bem remunerados. Estamos tomando medidas para dar aos proprietários a liberdade de gerar e armazenar energia própria.

Enquanto isso, nós reduzimos nossas importações de petróleo estrangeiro por quase sessenta por cento, e reduzimos a poluição de carbono mais do que qualquer outro país do planeta. Nossa gasolina custa menos de dois dólares por galão. Mas em vez de subsidiar o passado, devemos investir no futuro, especialmente em comunidades que dependem de combustíveis fósseis.

Será que nossos governantes não tem nem capacidade de copiar? É tão difícil enxergar o óbvio? E não existe um deputado ou senador que possa aconselhar?

* Mario Eugenio Saturno é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano

 



;

Mario Eugenio Saturno é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano

Mario Eugenio Saturno é Tecnologista Sênior do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e congregado mariano

Turismo SBC


Últimas Notícias




Lula volta para carceragem em Curitiba após cremação do corpo do neto


Bolsonaro exonera Gustavo Bebianno após ministro vazar áudios privados do presidente, diz SBT


Clipe de Daniela e Caetano é alvo de protestos e recebe milhares de dislikes


"Monopólio da Taurus": polícias e grupos pró-armas querem que Bolsonaro abra mercado


Uniformes e material escolar chegam antes do 1º dia de aulas em São Bernardo


Jair Bolsonaro faz pronunciamento na abertra da WEF em Davos