Autos - 14/08/2016 - 10:53:30

 

Dodge Durango... Tamanho é documento!

Dodge Durango... Tamanho é documento!

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O Dodge Durango é um carro exagerado em tudo. E, claro, por custar quase R$ 240.000 nessa única versão Limited, é um automóvel também exclusivo. Mesmo quem tem essa grana disponível, porém, precisa saber de alguns detalhes antes de optar por um Durango, que é muito mais barato do que SUVs de luxo grandes como o BMW X5, o Audi Q7, o Volvo XC90 e o Mercedes-Benz GLS. A primeira delas é que a garagem do proprietário de um Durango precisa ter 5,20 m de comprimento, uns 2,70 m de largura (afinal, é preciso abrir as portas) e 1,90 m de altura (devido à antena).

Com os retrovisores, o Durango tem uma largura de 2,17 m. Por isso, colocá-lo na garagem do condomínio onde eu moro foi a parte mais difícil da minha curta convivência com o Durango. Por outro lado, a câmera de ré é excelente e isso facilita as manobras. Aliás, tudo que se referente a multimídia é excelente no Durango. Ele tem um sistema de entretenimento completíssimo, com tela de DVD de 9” atrás e display de 8,4” na frente. Isso sem contar que o próprio quadro de instrumentos é uma tela de 7” com informações configuráveis.

Dá gosto passear com esse carrão. O conforto a bordo é incrível e o rodar é bem macio. Para carregar bagagens, o Durango oferece 1.350 litros de porta-malas até o teto, configurado para cinco passageiros. Esse número cai para cerca de 700 litros colocando a bagagem só até a altura do vidro. Mesmo assim é muito. Não cheguei a usar a terceira fileira de assentos, que aumenta sua capacidade para sete pessoas, mas mexi nos bancos e constatei a versatilidade do carro. Para minha surpresa, o enorme porte do Durango não faz dele um elefante nas ruas. Pelo contrário: o carro consegue ser ágil, devido ao motorzão Pentastar 3.6 V6 de 294 cavalos.

O motor não é nada ecológico. Se você rodar uns 1.500 km/mês só na cidade, vai gastar pelo menos R$ 700 com gasolina comum. O Durango é derivado da picape Dodge Dakota e já está na terceira geração. Ele chegou ao Brasil em 2013, depois de ser reestilizado, e teve 888 compradores nesse período, sendo 22 este ano. Eu gosto de carros grandes. Se eu precisasse de um SUV gigante e tivesse disposto a investir esse dinheiro, eu compraria o Durango, sim.

Dodge Durango 2016

Ficha técnica

Dodge Durango Limited

Preço básico: R$ 239.900
Carro avaliado: R$ 239.900
Motor: 6 cilindros em V 3.6, 24V, turbo, duplo comando de válvulas
Cilindrada: 3604 cm3
Combustível: gasolina
Potência: 294 cv a 6.400 rpm
Torque: 36,0 kgfm a 4.800 rpm
Câmbio: automático sequencial, oito marchas
Direção: hidráulica
Suspensões: duplo triângulo com braços curto e longo (d) e multi-link (t)
Freios: discos ventilados (d) e discos sólidos (t)
Tração: integral
Dimensões: 5,110 m (c), 1,924 m (l), 1,800 m (a)
Entre-eixos: 3,042 m
Pneus: 265/50 R20
Porta-malas (até o teto): 1.350 litros (490 com sete passageiros e 2.390 com os bancos traseiros rebatidos)
Tanque: 93 litros
Peso: 2.262 kg
0-100 km/h: 9s3 (medição Motor Show)
Velocidade máxima: 206 km/h
Consumo cidade: 6,5 km/l
Consumo estrada: 8,5 km/l
Emissão de CO2: 190 g/km
Nota do Inmetro: E
Classificação na categoria: E (Extra-Grande)

Com informações da MotorShow

 



;

Dodge Durango Limited 2016

Dodge Durango Limited 2016

Turismo SBC


Últimas Notícias




Bia Kicis é denunciada ao MP pela Sociedade Brasileira de Pediatria


Twitter diz remover 7 posts de desinformação de covid por hora


Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC


Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação acumulada em 2021


Governo anuncia medidas para regularizar dívidas do Simples após veto de Bolsonaro


IBGE: inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%