ABCD - 28/12/2016 - 18:10:35

 

Orlando Morando anuncia presidentes de autarquias e da Fundação Criança

Orlando Morando anuncia presidentes de autarquias e da Fundação Criança

 

Da Redação com agências

Foto(s): Divulgação / Arquivo

 


O prefeito eleito de São Bernardo Orlando Morando anunciou, nesta quarta-feira (28/12), os presidentes de autarquias e da Fundação Criança de São Bernardo do Campo. 

Luiz Carlos Gonçalves da Silva será o novo superintendente do Instituto Municipal de Assistência à Saúde do Funcionalismo (IMASF); Luiz Pires de Paula o superintendente do Rotativo de São Bernardo; Samuel Gomes Pinto o diretor presidente da Fundação Criança; e Marcos Galante Vial, o Arouca, diretor superintendente do Instituto de Previdência do Município de SBC (SBC PREV).

Orlando Morando também entregou o plano de governo a cada um, com as respectivas metas que devem ser cumpridas a cada trimestre.

“Concluímos as indicações de secretários, presidências de autarquias e da fundação. Temos um grande desafio pela frente e escolhemos  pessoas que possam efetivamente fazer a mudança, um governo rápido, pois a sociedade espera isso da nova gestão”, afirmou Orlando Morando.

O prefeito eleito Orlando Morando também já havia anunciado Ademir Silvestre como diretor presidente da ETC. E o diretor da Faculdade de Direito será anunciado na primeira quinzena de janeiro.

 



;

Samuel Gomes Pinto, Luis Pires de Paula, Marcelo Lima, Orlando Morando, Luiz Carlos Gonçalves da Silva, Marcos Galante Vial (Arouca)

Samuel Gomes Pinto, Luis Pires de Paula, Marcelo Lima, Orlando Morando, Luiz Carlos Gonçalves da Silva, Marcos Galante Vial (Arouca)

Turismo SBC


Últimas Notícias




Orlando Morando inaugura vagas de estacionamento exclusivas para autistas em São Bernardo


Fabricante de ivermectina lucrou à custa de vidas, acusam senadores da CPI


Para Lira, debate sobre voto impresso está encerrado


Prevaricação? Bolsonaro cometeu no caso Covaxin?


Miranda sobre Onyx no caso COVAXIN: “Não me sinto coagido, vou botar ele na cadeia”


Câmara aprova proposta que revisa a Lei de Improbidade Administrativa