Politica - 25/11/2021 - 00:41:25

 

Moro é o candidato mais competitivo contra Lula no 2º turno, aponta PoderData

Moro é o candidato mais competitivo contra Lula no 2º turno, aponta PoderData

 

Da Redação com Poder 360

Foto(s): Sérgio Lima / Poder360

 


O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) é o candidato mais competitivo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em um 2º turno nas eleições de 2022, segundo pesquisa PoderData realizada de 22 a 24 de novembro de 2021. Se as eleições fossem hoje, Moro ficaria 17 pontos percentuais atrás do petista, perdendo por 48% a 31% em um confronto direto. É a menor diferença entre todos os pré-candidatos testados contra Lula, que vence todas as simulações de 2º turno testadas pela divisão de pesquisas do Poder360.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) marca 31% contra 54% do petista, uma diferença de 23 pontos percentuais. Há 1 mês, a distância era de 15 p.p..

Poder 360

Foi a 1ª vez que o PoderData testou um 2º turno com Lula e Sergio Moro depois que o ex-juiz filiou-se ao Podemos e falou como pré-candidato. Neste cenário, 20% dos eleitores escolheriam votar nulo ou em branco e 1% deles não sabem.

Poder 360

No 2º turno com Lula e Jair Bolsonaro, o ex-presidente pontua 54% contra 31% do atual. São 14% os entrevistados que votariam nulo ou em branco e 1% os que disseram não saber. Na rodada anterior, nulos eram 10%.

Poder 360

...Continue Lendo...

;

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro (Podemos)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro (Podemos)

Turismo SBC


Últimas Notícias




Bia Kicis é denunciada ao MP pela Sociedade Brasileira de Pediatria


Twitter diz remover 7 posts de desinformação de covid por hora


Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC


Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação acumulada em 2021


Governo anuncia medidas para regularizar dívidas do Simples após veto de Bolsonaro


IBGE: inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%