Economia - 07/01/2022 - 16:17:34

 

Difal do ICMS é sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro

Difal do ICMS é sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro

 

Da Redação com JOTA

Foto(s): Divulgação / Raphael Ribeiro / BCB

 


O presidente da República Jair Bolsonaro (PL) sancionou o PLP 32/2021, que regulamenta a cobrança do diferencial de alíquota (Difal) de ICMS em operações envolvendo mercadoria destinada a consumidor final em outro estado não contribuinte do imposto. A sanção do Difal do ICMS foi publicada no DOU desta quarta-feira (5/1). Leia a íntegra da Lei Complementar 190/2022 .

A norma permite, nos casos em que a mercadoria é remetida a consumidor final não contribuinte do tributo em outro Estado, a cobrança da diferença entre a alíquota interna da unidade da federação de destino e a alíquota interestadual do ICMS.

A Lei Complementar 190/22 ainda prevê a necessidade de divulgação pelos estados, em portal próprio, das informações relacionadas ao cumprimento de obrigações principais e acessórias em operações interestaduais. Deve ser disponibilizada, por exemplo, a legislação aplicável, as alíquotas vigentes e os benefícios fiscais e regimes especiais que possam alterar o valor a ser recolhido de ICMS.

Mais informações no site do JOTA.

Empresas de diversos setores já planejam ir ao Judiciário para garantir o direito a não recolher o diferencial de alíquota (difal) de ICMS em operações envolvendo mercadoria destinada a consumidor final não contribuinte do imposto em outro estado ao longo de 2022.

O diferencial foi regulamentado pela Lei Complementar 190/2022, publicada na quarta-feira (5/1). O JOTA mostrou, no entanto, que estados e advogados tributaristas divergem sobre a possibilidade de a norma produzir efeitos ainda em 2022, diante dos princípios constitucionais das anterioridades nonagesimal e anual.

Levantamento do Comitê Nacional dos Secretários de Estado da Fazenda (Comsefaz) mostra que os estados podem perder, no conjunto, R$ 9,8 bilhões ao ano em arrecadação caso o difal não seja recolhido pelas empresas.

... Continue Lendo ...

;

A nota de R$ 200,00 com a imagem do lobo-guará

A nota de R$ 200,00 com a imagem do lobo-guará

Turismo SBC


Últimas Notícias




Bia Kicis é denunciada ao MP pela Sociedade Brasileira de Pediatria


Twitter diz remover 7 posts de desinformação de covid por hora


Pandemia e crise hídrica fizeram inflação estourar meta, diz BC


Reajuste do salário mínimo fica abaixo da inflação acumulada em 2021


Governo anuncia medidas para regularizar dívidas do Simples após veto de Bolsonaro


IBGE: inflação oficial fecha 2021 com alta de 10,06%